sexta-feira, 12 de março de 2010

Caio Fábio ataca Julio Severo


Dou graças a Deus que, em minha responsabilidade de desmascarar o falso messianismo político de Lula e suas políticas pró-aborto e pró-homossexualismo, não temos mais um supremo líder evangélico no Brasil, para usar maliciosamente sua função para definir e impor o que é ou não politicamente correto e para ditar o que podemos ou não fazer. Se, por exemplo, Caio Fábio não tivesse mergulhado em escândalos sexuais e financeiros há uma década, é certo que sua posição elevada traria hoje muitos problemas e perseguição aos que ele arrogantemente classifica de “profetinhas”.
Contudo, com ou sem Caio Fábio, o Blog Julio Severo vem denunciando todo sistema que se coloca no lugar de Deus. E o socialismo é um desses sistemas — provavelmente o principal —, que anseia o próprio trono de Deus — exigindo ter o controle central na mente, coração, família e outras esferas de cada pessoa.
O Blog Julio Severo vem expondo as políticas pró-aborto e pró-homossexualismo de Lula, cuja proeminência eleitoral entre os evangélicos foi um efeito das ações dissimuladoras de Caio Fábio no passado.
O Blog Julio Severo sempre denunciará os socialistas e suas políticas que, direta ou indiretamente, trazem prejuízos ao Brasil, deificando o Estado, sacralizando o aborto e o homossexualismo e demonizando Deus e seus mandamentos.
É claro que o Blog Julio Severo não poderia também deixar de denunciar Caio Fábio que, além de ter preparado o terreno evangélico para Lula no passado, tem feito declarações suspeitas sobre homossexualismo, inclusive com as seguintes pérolas de sua “graça”:
Os únicos homossexuais que eu já vi serem “curados” são os que nunca foram.
Eu não tenho dúvida de que em muito breve ficará definitivamente provado — já se caminha com muita rapidez para isso — que a homossexualidade tem como fator preponderante a genética.
Há pessoas homossexuais que nunca praticaram um único ato homossexual, mas nem por causa disso deixaram de ser. São os eunucos por amor ao Reino de Deus.
É uma pena que não haja liberdade para as pessoas dizerem quem são.
(Declarações oficiais de Caio Fábio em seu site pessoal.)
Sobre Caio Fábio e aborto, leia este excelente artigo da escritora Norma Braga: Um aconselhamento para morte.
Mesmo com sua influência extremamente baixa hoje, Caio Fábio tenta voltar ao cenário das conexões políticas, desta vez apoiando oficialmente a socialista evangélica Marina Silva para presidente. Confira aqui vídeo de Caio (de bonezinho à la Fidel Castro, mentindo “graciosamente” que não mistura política com Evangelho) apoiando Marina: http://www.youtube.com/watch?v=HEJknb0NEfA
O apoio dele a Marina, que veio das entranhas do PT e jamais usou sua posição ministerial no governo Lula para incomodar as muitas e variadas políticas pró-aborto e pró-homossexualismo do governo petista, deve-se aos seus fervorosos sentimentos ambientalistas, os mesmos sentimentos que o inspiraram a fazer as seguintes declarações:
Para mim, esse universo é sagrado. Eu poderia simplesmente dizer que ele é descriado, que ele existe por si só, que ele é o que é, que a única coisa que existe é ele, que ele é Deus por existir em si mesmo, por ser a causa de si próprio. É um Deus inconsciente de si mesmo.
O sagrado habita o mundo inteiro.
Se não tenho uma visão que sacraliza o cosmos e toda a criação, eu preciso no mínimo fazer uma segunda reflexão.
Pode-se dizer que a Índia é um país tecnologicamente atrasado, em que há elevadíssimo índice de pobreza, miséria, superpopulação e outras coisas mais. Mas ela continua sendo exemplo de sociedade que olha para o cosmos como algo sagrado, numa visão completamente diferente da nossa.
Por isso, estranhamente, tenho que lhes dizer que o animismo presta serviços à bioética, de natureza muito mais prática, na hora em que, ignorantemente ou não, vê significado espiritual na existência de todos os entes criados. Nós não.
Chegamos a um ponto em que se estabeleceram para nós ironias extraordinárias. A primeira: o Ocidente cristão, especialmente a sua versão protestante, tornou-se a parte da humanidade que mais ofende a criação. O homem existe num universo sem nenhuma sacralidade. A segunda: as sociedades animistas são extremamente menos ofensivas à criação do que nós.
Senão, vejamos: os 3 primeiros capítulos do Livro de Gênesis: ou o indivíduo parte para aquela leitura completamente literal e fundamentalista, que quer transformar a Bíblia num manual científico de como o mundo foi formado, algo absolutamente tolo.
Chama toda a consciência do Evangelho para uma integração dela com a sacralidade da criação e com a reverência pela criação.
Enxergo a ética de preservação da vida num mundo no qual a própria presença humana na Terra significa a maior ameaça de devastação.
O extraordinário e ao mesmo tempo irônico e contraditório é que essa presença humana na Terra, inteligente e autoconsciente, é a maior, e talvez seja a única, ameaça à própria Terra e que as demais manifestações de vida na Terra conheçam.
Nunca antes nada foi tão ameaçador por mais catastrófico que tenha sido do que a presença humana na Terra.
É a nossa presença aqui que carrega em si a possibilidade da autodestruição.
(Declarações oficiais de Caio Fábio em seminário do MEP na Câmara dos Deputados em 2004)
Marina Silva era ministra do meio-ambiente no governo Lula. Dá para estranhar então o apoio de Caio a ela para presidente agora?
Em entrevista recente, ela disse que, caso vença as eleições, não irá se opor à união civil entre pessoas do mesmo sexo. De acordo com notícia publicada no site da VINACC, ela também declarou: “Minha posição pessoal não se coloca relevante para o Estado e para políticas públicas. Minha posição pessoal é à luz da minha fé, não tenho como pensar diferente. Em relação a discriminar qualquer pessoa, o Estado não vai fazer isso de forma alguma”. Com Caio Fábio como conselheiro “espiritual”, seria possível ela pensar diferente?
“Minha posição pessoal não se coloca relevante para o Estado e para políticas públicas”. Essa postura de Cristianismo passivo e inerte na política é tudo o que os secularistas querem dos cristãos. Por que ela não disse logo sem rodeios: “Na esfera política, meu Cristianismo pessoal estará fora de ação. Mas meu socialismo de longa data estará ativo e a pleno vapor!”?
Certamente, ela não vai legalizar o aborto e o “casamento” homossexual, mas se os militantes quiserem abrir essa porta, ela poderá simplesmente dar de ombros e dizer: “Quem sou eu para impedi-los?” Além disso, há sempre espaço para adaptar e atualizar o estilo evasivo de Lula de responder “não sei de nada, não vi nada”.
Quando era relatora de uma comissão parlamentar que estava “analisando” a questão do aborto, Marina preferiu deixar a relatoria — a fim de não desagradar à postura pró-aborto do Partido das Trevas — do que deixar sua posição cristã pessoal ser relevante. Se o PT queria a aprovação do aborto nessa comissão, Marina fez a gentileza de sair do caminho. O próprio diabo não poderia querer mais de um cristão.
É evidente que os militantes pró-homossexualismo e pró-aborto estão torcendo pela vitória de Dilma Rousseff, mas qual deles vai reclamar que uma vitória de Marina é derrota automática para suas ambições ideológicas? Aliás, entre Marina e Rousseff não há nenhuma briga — pelo menos não a nível ideológico.
No entanto, por conveniência política, Marina deixou o PT, porque a alegada ex-terrorista Rousseff se tornou a favorita petista para a candidatura presidencial.
Hoje, Marina é filiada ao Partido Verde (PV), cujo presidente, Fernando Gabeira, era igualmente terrorista comunista no passado. Gabeira é a favor do homossexualismo, do “casamento” de mesmo sexo, do PLC 122/06 e também do aborto. E como Marina já sinalizou que não fará oposição, há pouca probabilidade — para a alegria das hordas socialistas — de que o chefão Gabeira enfrente dificuldades para impor sobre o Brasil suas insanidades ideológicas. Com Marina na presidência, o PV de Gabeira dominará o Brasil, com sua eco-idolatria terrorista ao gosto de Caio Fábio.
Os primeiros passos já estão sendo dados: o PV lançará oficialmente a candidatura do chefão de Marina para governador do Rio. Agora, Caio dá a mão para Marina, ela para Gabeira, e juntos cantam: “Dorme, dorme em berço esplêndido, Brasil, pois queremos te transformar do mesmo modo que fomos transformados!” Não muito longe, estão Lula, Dilma e os outros candidatos concorrentes, cantando: “Dorme, dorme em berço esplêndido, eleitor…”
Anos atrás, a estranha graça de Caio Fábio o levou a designar o xiita ultra-ambientalista Al Gore, que é estridentemente pró-aborto e pró-homossexualismo, como um genuíno profeta — na verdade, um falso profeta que há muito canta: “Dorme, dorme em berço esplêndido, toda a raça humana…” Nesse ponto, talvez a própria Marina já tenha recebido o título de “profeta” também. Mas para Severo, a bondade caiofabiana reserva apenas designações pejorativas, fofoqueiras e maliciosas, como “profetinha”. É nisso que dá Severo não ser como Al Gore: perde a graça caiofabiana.
É no contexto do recente apoio oficial de Caio Fábio à socialista Marina Silva que o time caiofabiano lança dois vídeos contra Julio Severo, onde o próprio Caio Fábio ataca Severo com várias acusações. A principal acusação se baseia em informações supostamente coletadas de pessoas que conviveram com Severo no seminário. Nos vídeos, Caio alega que graças a esses seminaristas que estudaram com Severo no seminário, ele sabe tudo sobre Severo, inclusive sobre supostas questões homossexuais “secretas”. Confira aqui vídeo esclarecendo sobre Caio atacando Severo: http://www.youtube.com/watch?v=3htQU15yZx8
Só há um detalhe: Julio Severo jamais foi seminarista, nem estudou em seminário.
Nos vídeos, Caio Fábio faz muitas outras insinuações maldosas de Severo, as quais são tão reais quanto o imaginário seminário caiofabiano onde estudou Severo.
Evidentemente, essa não é a primeira vez que Caio Fábio exibe sinais da síndrome do “crescimento do nariz”, moléstia peculiar que afetou Pinóquio. Para ajudar a promover Lula entre os evangélicos no passado, ele precisou desempenhar, em elevado grau, a arte da dissimulação. E para ajudar agora outros socialistas a receberem apoio dos evangélicos, ele precisa enganar sobre tudo — inclusive sobre Severo.
Mas, seja por meio de Julio Severo ou de outros autênticos seguidores proféticos de Jesus Cristo, todos os dissimuladores como Caio Fábio e suas dissimulações serão desmascarados — agora e sempre. Aliás, são exatamente aqueles que ele zombeteiramente chama de “profetinhas” que Deus está usando para derrubar os Golias da dissimulação.
A graça fingida de Caio Fábio leva a intrigas e fofocas e a uma mente doente cheia de amargura. Leva também a posturas e opiniões maliciosas, traiçoeiras e dissimuladas sobre aborto, homossexualismo e meio-ambiente. Mas o que vem de Deus age em nós de forma muito diferente:
“A graça de Deus nos treina para evitar vidas ímpias cheias de desejos mundanos de modo que vivamos vidas com domínio próprio, integridade moral e dedicação a Deus neste presente mundo”. (Tito 2:12)
É por causa dessa graça que, nestes tempos de trevas dentro e fora de algumas igrejas, não estou dormindo. Estou no posto da sentinela, alertando muitos para acordarem de seu berço esplêndido.
Fonte: www.juliosevero.com

Veja o video:
http://www.youtube.com/watch?v=3htQU15yZx8

0 comentários:

Postar um comentário

Loading...

Advertisement

 

Copyright 2008 All Rights Reserved Revolution Two Church theme by Brian Gardner Converted into Blogger Template by Bloganol dot com