segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Dor na despedida de irmão e esposo de Marina de Oliveira



Rio – Cerca de 200 pessoas compareceram, ontem, aos velórios do filho e do genro do deputado federal e ex-secretário municipal de Transportes, Arolde de Oliveira, no Cemitério São Francisco Xavier, no Caju. O filho do político, o empresário Benoni Assis Vieira de Oliveira, 45 anos, será cremado hoje no mesmo cemitério. O genro, o fotógrafo Sérgio Ribeiro de Menezes, 43, foi enterrado ontem. Eles morreram no sábado, após a queda de um ultraleve na Lagoa de Jacarepaguá, próximo ao Clube Esportivo de Ultraleve (CEU), na Zona Oeste do Rio.

Segundo a polícia, há duas hipóteses: eles teriam morrido afogados ou em decorrência do choque da aeronave com a água. Não há certeza se os cintos estavam atados ou se foram soltos pelas vítimas durante a queda do ultraleve. Em 2006, Benoni já havia sofrido um acidente de motocross, quebrando o pescoço, mas sobreviveu sem sequelas graves. Peritos do Departamento de Aviação Civil (DAC) e do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) vão recolher amanhã os destroços da aeronave para detectar as causas do acidente.

“Meu filho morreu como viveu: no limite. Na verdade, perdi dois filhos”, desabafou Arolde de Oliveira, que no sábado reuniu a família para almoçar. “Eles decidiram voar no fim da tarde para fazer fotos. Estava um dia tão lindo”, recordou.

A filha dele, a cantora gospel Marina de Oliveira, estava muito abalada, sendo amparada por amigas e parentes para se manter em pé. Casada há dois anos com Sérgio, Marina tinha planos de engravidar este ano. Ela tem uma filha do primeiro casamento.

Pai de três filhos — dois do primeiro casamento com Layla Brizola (neta de Leonel Brizola) —, Benoni era dono de uma academia de ginástica e da boate Clube Six, na Lapa. Aficcionado por esportes radiciais, ele integrava também o grupo Hell’s Angels. Além de outras autoridades, compareceram ao enterro a secretária de Ação Social, Benedita da Silva, o presidente do Metrô, José Gustavo de Souza, e as cantoras Cristina Mel e Aline Barros.
O Verbo

0 comentários:

Postar um comentário

Loading...

Advertisement

 

Copyright 2008 All Rights Reserved Revolution Two Church theme by Brian Gardner Converted into Blogger Template by Bloganol dot com